sábado, 20 de junho de 2009

O que mudou na politica nacional, depois das eleições europeias?

(a 16 maio, data anterior às eleições europeias)
"O ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, defendia que "as grandes obras públicas não podiam ser adiadas sob pena de Portugal "perder a oportunidade" de se posicionar como porta de entrada na Europa."
Teixeira dos Santos rejeitava os argumentos que tinham sido avançados por aqueles que defendem o adiamento da construção do novo aeroporto de Lisboa e do TGV.
"Custa-me a perceber porque se reage tanto ao investimento público quando tem vindo a baixar mas temos que nos convencer que não há crescimento sem investimento público e privado", acrescentou o governante." Expresso
(a 20 de Junho, data posterior às eleições europeias)

"O Governo está disposto a suspender por mais dois anos a aplicação do modelo de avaliação de desempenho dos professores, tal como foi inicialmente concebido." Pag.3 Expresso

"A três meses das eleições, diz (o ministro Mário Lino) que adiar a adjudicação do TGV foi uma decisão apenas política. As portagens nas SCUT também não estarão a funcionar antes das legislativas." Pag.14 Expresso

Decisão sobre o novo aeroporto de Lisboa também "adiada". A decisão sobre o novo aeroporto de Lisboa também será tomada apenas pelo futuro Governo. sic

0 Caixa do leitor: